RESULTADO DE EXAMES

Centro de Convivência / Oficinas para as famílias

Centro de Convivência “Maria Luiza Dadalto”
O Centro de Convivência da Apae de Vitória proporciona a convivência, a capacitação e a dignidade à pessoa com deficiência intelectual e/ou múltiplae/ou autismo, garantindo seus direitos como pessoa e como cidadã, dispondo de uma política de atendimento composta por ações de atenção integral à pessoa com deficiência e sua família. Organizado em grupos de convivência, o Centro complementa o trabalho social com famílias e previne a ocorrência de situações de risco social e violações de direitos. A atuação é preventiva e proativa, pautada na defesa e na afirmação dos direitos e no desenvolvimento de capacidades e potencialidades. As ações realizadas têm como objetivo alcançar alternativas emancipatórias para o enfrentamento da vulnerabilidade social. Além disso, as atividades estão voltadas para a promoção do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, a autonomia, a independência, a segurança e o acesso aos direitos, tendo como consequência uma participação plena e efetiva na sociedade.

Objetivo
As ações do Centro de Convivência objetivam a ampliação da rede de pessoas com quem a família e o aprendiz convivem e compartilham cultura, vivências e experiências. Com as intervenções realizadas na Apae de Vitória, pretende-se promover a diminuição da exclusão social tanto do aprendiz quanto do cuidador ou da família e a sobrecarga decorrente da situação de dependência do usuário da prestação de cuidados prolongados. Além disso, busca-se a interrupção e superação das violações de direitos que fragilizam a autonomia e intensificam o grau de dependência da pessoa com deficiência.

A partir do acolhimento realizado no Centro são identificadas as necessidades de cada caso pela equipe. E então é viabilizado o acesso a benefícios, programas de transferência de renda, serviços de políticas públicas setoriais, atividades culturais e de lazer, sempre priorizando o incentivo à autonomia dos envolvidos. Soma-se a isso a identificação de demandas referentes a situações de violência e/ou violação de direitos e acionamento dos mecanismos necessários para resposta a tais condições. O Centro objetiva, ainda, trabalhar a potencialidade de seus usuários, preparando, capacitando e incluindo os mesmos no mundo de trabalho, propiciando o exercício da cidadania e sua inclusão.

Abaixo os números da inclusão no mercado de trabalho de pessoas com deficiência intelectual e/ou múltipla e /ou autismo, usuários da Apae de Vitória:

2003 - 1 pessoa
2004 - 5 pessoas 
2005 - 1 pessoa
2006 - 9 pessoas
2007 - 1 pessoa
2008 - 1 pessoa
2009 - 2 pessoas
2012 - 5 pessoas
2015 - 6 pessoas
2017 - 2 pessoas
2018 - 3 pessoas

Total - 36 pessoas

O que o serviço oferece?

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Familiares e Comunitários para a pessoa com deficiência;

A diminuição do isolamento social;

Encaminhamentos para a concessão de Benefícios Sociais, como: Beneficio de Prestação Continuada (BPC), Passe Livre Municipal, Intermunicipal ou Interestadual;

Encaminhamento para acesso a outros serviços no território: Unidade de Saúde, CRAS, CREAS, Ministério Publico, Defensoria Pública, entre outros;

Ampliação do acesso à informação por meio de palestras, roda de conversa, grupos de encontro e outros;

Apoio à convivência familiar e comunitária com qualidade;

Apoio à inclusão produtiva da família;

Apoio à prevenção e ao combate à violência contra as pessoas com deficiência e suas famílias;

Apoio aos cuidadores/familiares;

Atendimento Social;

Aumento da autonomia do usuário para superação das barreiras;

Diminuição das situações de negligência, maus tratos, abandono;

A prevenção da institucionalização através de estratégias que previnam o rompimento de vínculos sociais que resultam em desfiliação familiar.

Diminuição do stress, aumento do autocuidado e da autonomia;

Experimentações artísticas, culturais, esportivas e de lazer e a valorização das experiências vividas;

Fortalecimento do papel protetivo da família;

Inclusão no mundo do trabalho;

Oficinas de artesanato, artes, congo, cozinha experimental, meio ambiente e sublimação;

Prática de atividades físicas adaptadas.

Público-Alvo
O Centro de Convivência da Apae de Vitória atende pessoas com deficiência intelectual e/ou múltipla e/ou autismo e suas famílias, assim como pessoas com deficiência em situação de isolamento e exclusão social. Esse público-alvo é composto, preferencialmente, por munícipes de Vitória, na faixa etária superior a 16 anos, que sobrevivem com baixo poder aquisitivo (a maioria vivendo com benefícios de transferência de renda), risco social e vulnerabilidade.

Condições e formas de acesso
De acordo com a Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), as condições de acesso ao serviço dizem respeito às pessoas com deficiência em situação de dependência, seus cuidadores e familiares.

As formas de acesso devem ser por encaminhamento das Unidades Básicas de Saúde, dos serviços socioassistenciais, das demais políticas públicas setoriais e dos demais órgãos de Defesa e Garantia de Direitos; ou, ainda, por meio da demanda espontânea de membros da família e/ou da comunidade.

Horário de atendimento
Das 07h às 17h.

Contatos
Telefones: (27) 2104-4016
E-mail: conselhos@apaevitoria.org.br

Endereço
Aluysio Simões, 185, Bento Ferreira, Vitória-ES. CEP: 29.050-637.